Campanha

Meta a Colher

Diga não a violência, denuncie! Ligue 180.

DUALIDADE

O céu e o inferno, dois extremos entre o divino e o nefasto; amor e ódio; vida e morte, euforia e desespero, alegria e tristeza, paixão e dor. Só quem já experienciou essa ambígua sensação consegue entender a relação criada entre agressor e vítima, pois o medo da morte, a vergonha da marca, a humilhação de um lamento somem na hora que o agressor solta seu pescoço, pulsos ou cabelo, no momento que ele tira aquele membro nojento de dentro de você ou que ele tira a mordaça e você respira, você tem a sensação de alívio e sente o ar da vida: assim é o início do processo!

Até que um dia o que era dúbio e repleto de certeza que havia sido apenas um momento, que ele não mais repetiria isso, que ele estava nervoso ou qualquer justificativa que você usasse para defender o indefensável, se repete e aí fica nítido que já era, você está vivendo dentro de um ciclo de agressão.

Agora dia-a-dia a esperança segue ladeira abaixo e em breve aqueles dois extremos iniciais dão lugar a uma única certeza “não mereço viver”, por isso ele vira o dono dessa vida e irá tirá-la a qualquer momento. O medo vira ansiedade; o pranto vira aceitação; passando a viver em puro estado de espera “vegetativa”, pois os olhos não têm mais vida, já que a alma sucumbiu.

Quando existem filhos ou pais, o agressor ainda consegue extrair sentimentos de dor e desespero ao ameaçar a vítima que nesta hora pede forças a Deus para se manter viva e poder continuar sofrendo calada para proteger os que ama.

Eu poderia ficar por horas relatando essas sensações, mas vim aqui pedir 2 favores, essa dualidade novamente como no início da narrativa.

O primeiro é para você que não vive isso: não se permita viver esse processo, onde ao menor sinal de violência (que geralmente começa de forma verbal) nem prossiga neste relacionamento, pois você merece mais.

O segundo é para que você que já está vivendo: compreenda que você é muito importante e mesmo sem força ou sem saber como pode romper o ciclo, afinal tantas já conseguiram e eu sei como é difícil, eu te entendo, de verdade, já passei por isso, mas consegui!

E você também pode!

Para fechar este texto quero te mostrar algo: pegue o número DOIS tire as vogais “OI” e coloque “EU”, certamente encontrará DEUS e Ele te dará forças para quebrar o ciclo.

A todos os outros, VAMOS METER A COLHER!

Campanha feita pelos modelos da Mistic em prol da Meta a Colher.           

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

© 2019 por MISTIC AGENCY